Aloe Vera: Principais Benefícios da Planta e Onde Encontrar

Não há nada de novo sob o sol, os benefícios do Aloe Vera que exerce sobre a pele são conhecidos no mundo inteiro. Tanto para o corpo como para o rosto e até mesmo para o cabelo. Mas os benefícios são tão fantásticas que sua ação máxima é em Nutricosmética: o que significa que age a partir de dentro.

Aloe Vera Benefícios

Atualmente já não se aplica, mas este milagroso gel de Aloe Vera também pode ser ingerido, porque seus compostos bioativos são tão potentes, que contêm vitaminas, minerais, aminoácidos e antioxidantes que são tão importantes na hora de cicatrização de úlceras, gastrite, alergias, feridas na boca, aftas, etc que não só atenua a cura, mas que serve para aliviar a dor óssea e atua como analgésico.

O Aloe Vera também têm resultados muito bons com as cáries e doenças das gengivas e enxágue bucal é tão eficaz como os enxágue orais comuns, ajuda a reduzir a placa dentária.

O que a gente não sabe desta planta extraordinária é que, como cosmético é a bomba, não há necessidade de gastar fortunas já que pode melhorar a elasticidade da pele e ajudar a prevenir as rugas. Existem inúmeros estudos e provas de que o gel de Aloe Vera pode retardar o envelhecimento da pele.

Acho que posso continuar listando mais e mais propriedades desta planta milenar, Aloe Vera, já que com o exposto, há razões mais do que suficientes para nos tornar viciados este suco e a emulsão.

Desta forma penso que o nosso trabalho, é pouco a pouco, fazer com que você conheça este mundo fantástico de produtos extraídos da mãe natureza e que sejais conscientes de que a mudança é fácil, está em vossas mãos: com algumas gotas de consciência, constância, traços de paciência e esperar resultados que sempre chegam se fizermos bem as coisas e usamos este elixir de Aloe Vera.

Alergias: Tratamento Natural para Acabar de Vez com elas

Hoje são as alergias, amanhã, a diabetes, a pressão alta, doenças crônicas, tudo vem do mesmo, de uma alimentação que está nos matando média humanidade.

Tratamento para Alergia

Há que olhar para as doenças modernas na alimentação atual. Nosso sistema imunitário está muito enfraquecido, já que o nosso organismo tem que estar lutando constantemente com milhares de substâncias que estão escondidas nos alimentos processados e perde toda a sua força e energia em tentar combater tanto veneno.

Adivinhe, a cada ano há mais, a cada ano são mais agressivas e já estamos sofrendo, o que são?

Pois sim, é assim que as alergias. Em particular, os casos de alergias que guardam relação com a dificuldade respiratória, asma ou rinite. O objetivo deste post é preparar-vos um pouco com dicas que os ajudarão a ter de forma algo mais leve.

As alergias são causadas por uma diminuição das defesas do sistema imunológico. Além disso, se o fator sazonal somamos algumas más práticas, como inatividade física e alimentação inadequada, os estados anímicos de ansiedade e stress, a probabilidade de se tornar um ‘branco’ para as alergias aumenta acentuadamente.

A secreção nasal, coceira nos olhos e nariz e espirros são alguns sintomas de que se conhece como a rinite alérgica. O caso é que, nesta época do ano, se muitas vezes não sabe se está constipado ou alérgico perdido.

Isso se deve ao fato de que ocorre uma inflamação das camadas internas do nariz, que pode ocorrer tanto nos olhos, nariz, garganta ou até mesmo na pele.

Existem muitos hábitos para fazer com que estes sintomas sejam menores, como beber líquido suficiente para manter a hidratação. Evitar estar deitado de muitas horas, já que isso aumenta o congestionamento. Lavar periodicamente a roupa de cama com água quente para remover os ácaros e lavar o cabelo antes de dormir, para que não te cause mais problemas, uma vez que já está em casa.

Mas aqui deixo uma lista mais específica que, sem dúvida, você vai dar um resultado surpreendente, reduzindo quase por completo os sintomas dolorosos que produz a alergia.

Alimentos contra a alergia

A alimentação pode ajudar a reduzir os sintomas mais incômodos que causam as alergias como a dificuldade de respirar, corrimento nasal constante, a irritação de mucosas, etc.

Por exemplo, desde a primeira hora, podemos fazer muito por regenerar as mucosas e reduzir a inflamação associada a processos asmáticos. Com um simples gesto, tomando um suco de cenoura e laranja. As vitaminas e antioxidantes, que nos proporcionam, além de regenerar a mucosa e diminuir o inchaço, melhora as defesas.

Sem dúvida isso faz com que os brônquios, que tendem a reforçar durante a mudança de estações que não se fechem tanto, deixando passar mais quantidade de ar e que o muco das vias respiratórias não se engrossar e assim se possa eliminar mais facilmente.

Outros alimentos que também melhoram as vias respiratórias, são as cebolas, alho-poró e alho. Talvez não para tomar o pequeno-almoço mas servem como antibiótico natural, ao mesmo tempo em que descongestivo nasal. Portanto, para além de funcionar muito bem como o encaixe de qualquer um de seus pratos, você vai ajudar a reduzir a inflamação do nariz e as membranas nasais.

Comer peixe é sempre bom, mas no caso das alergias, a dose deve ser de três a sete porções semanais de peixes. Os peixes, sobre todos os peixes como o salmão e as sardinhas, nos dão substâncias anti-inflamatórias, como os ácidos graxos ômega 3.

Os morangos com o suco de laranja na merenda, são uma maravilha, mas além disso são um aporte de vitaminas extras. As vitaminas E, A e C de ação antioxidante, que protegem o epitélio respiratório. Além disso, possuem propriedades antinfecciosas reduzindo a ocorrência de doenças inflamatórias inductoras de muitos processos asmáticos.

Sem dúvida o que mais afeta em épocas de alergias é a nossa capacidade respiratória. Isso faz com que estejamos cansados, sem vontade. Muita gente ainda não sabe que tem alergia, mas se queixa de sintomas de astenia primaveril, afetada sua capacidade respiratória.

Algo tão simples como aprender a respirar lenta e profundamente. Isso ajuda a melhorar a capacidade ventilatória e o fluxo respiratório, reduzindo a frequência das crises asmáticas. E isto é conseguido com a prática regular de certos exercícios respiratórios, como o yoga.

Este tipo de exercícios não só proporcionam melhorias significativas nos sintomas de asma, mas também conseguem reduzir o uso de inaladores.

Os probióticos favorecem o sistema imunológico

As bactérias benéficas com as quais convivemos desempenham um papel importante na prevenção de uma ampla gama de doenças. Os probióticos são microrganismos vivos que adicionadas a um alimento que exercem um efeito benéfico sobre a saúde.

Podemos encontrar em alimentos como o iogurte. Ou em outro tipo de preparados.

Certamente, nos ajudarão a diminuir os sintomas alérgicos e fortalecer o sistema imunitário. Além de ter muitas outras vantagens para a nossa saúde.

A obesidade favorece a alergia

E como não, o excesso de peso, é algo negativo para a nossa saúde. Muitas vezes o excesso de peso favorece o surgimento de alergias respiratórias. Isso tem uma explicação muito lógica. A parede abdominal faz com que diminua a capacidade respiratória. Isto é assim porque empurra o diafragma contra os pulmões, dificultando a respiração plena e profunda.

Devemos diminuir a gordura da zona abdominal para aumentar a capacidade pulmonar total.

É por isso que é tão importante para perder peso de forma correta. Isso seria, eliminando o excesso de gordura da região abdominal e mantém a massa muscular.

Produtos naturais contra a alergia

Outras ajudas são os produtos naturais, uma alternativa saudável para tratar as alergias. Há que dizer que, em uma alta porcentagem dos casos se consegue a cura total.

O sucesso desta medicina alternativa explica com que seus remédios são totalmente naturais e não provocam efeitos colaterais.

Vitamina E: Benefícios e Principais Fontes de Alimentos

A vitamina E é considerada a vitamina da juventude, por suas propriedades e benefícios ao reduzir os sintomas do dano que sofremos em nosso organismo, à medida que avança ao longo do tempo.

Vitamina E

Em 1922, foi demonstrada a existência da vitamina E. Os pesquisadores Evans e Bishop descobriram que os ratos fêmeas requerem esta vitamina para ter facilidade na hora de engravidar. A Vitamina E é lipossolúvel, quer dizer que se acumula no tecido adiposo, dessa forma, o organismo recorre a ela quando for necessário. A parte de oferecer proteção contra os radicais livres, reduzindo o dano oxidativo celular, que podem afetar a integridade dos tecidos que formam o nosso corpo. Existem muitas outras funcionalidades associadas a esta vitamina, já que também se encontra envolvida em retardar os sintomas do envelhecimento e os resultados são visíveis rapidamente na aparência externa da pele, e é claro, a função normal dos órgãos de nosso corpo.

A vitamina E é encontrada em muitos alimentos, principalmente os de origem vegetal, especialmente os de folhas verdes como o espinafre, o brócolis, as sementes entre elas as de soja, germe de trigo e a levedura de cerveja. Nos alimentos de origem animal, a vitamina E, é, principalmente, a gema de ovo também em óleos vegetais e em alguns cereais.

Alimentos que contém vitamina E:

  • Óleo de girassol
  • Óleo de nozes
  • Óleo de gergelim
  • Avelãs
  • Óleo de soja
  • Nozes
  • Amêndoas
  • Óleo de Palma
  • Margarina
  • Azeite de oliva
  • Spirulina

Um dos benefícios da vitamina E é a sua característica de potente antioxidante. A maioria das pessoas, pode não ter a quantidade suficiente. Em qualquer caso, por uma dieta insuficiente, e em outros casos, a maioria dos alimentos estão adulterados, da poluição, dos fertilizantes, e o cultivo em massa. Por isso recomenda-se tomar suplementos de vitamina E. Para um adulto é geralmente entre 15 mg ou 25 mg e crianças aproximadamente 10mgr.

Benefícios da Vitamina E

  • Melhora o nosso sistema circulatório
  • Tem propriedades antioxidantes
  • Tem na melhoria do sistema ocular
  • Previne o mal de Parkinson
  • Reduz os níveis elevados de colesterol
  • Ajuda o crescimento do cabelo
  • Evita a demência na velhice
  • Melhora consideravelmente o aspecto da pele
  • Contribui para a regulação hormonal e se reflete em: alergias, ganho de peso, retenção de líquido, sensação de fadiga e de quadros de ansiedade.

Outras qualidades não menos importantes como a Vitamina E, estão na formação de glóbulos vermelhos e também ajuda a sintetizar a vitamina K e, por outro lado, há que se destacar o desenvolvimento na formação dos vasos sanguíneos e impedir que o sangue se coagule dentro deles.

Já me convenci de tomá-la diariamente, pois é uma vitamina essencial para ter uma pele radiante. E você, já começou a utilizar a vitamina E para melhorar a sua pele. Comece já a consumir a Vitamina da Beleza!

Blog